Agepê – Moro Onde Não Mora Ninguém (1975)

Moro Onde Não Mora Ninguém

Resenha do Álbum

Agepê – Moro Onde Não Mora Ninguém.

Aqui está o registro de um promissor início de carreira: o de Antônio Gílson Porfírio, de cujas iniciais surgiu o nome de guerra que o consagrou: Agepê (Rio de Janeiro, 1942-1995). No início de 1975, ele explodiu nas paradas de sucesso de todo o Brasil com Moro Onde Não Mora  Ninguém, seu compacto simples de estréia. E a música deu título justamente a seu primeiro álbum, que agora o Baú de Long Playing lhe oferece para sua diversão e saudade. Aqui estão outros hits de quilate: “Lá vem o trem”, “A dança do meu lugar”, “Moça criança”, “‘Sete domingos” (também gravada pela cantora Sônia Lemos, creio que antes de Agepê) e “Todo prosa”, lado B do compacto da faixa-título (cortado pela Warner na reedição em CD da série Dose Dupla, conforme informação também aqui postada). Sete músicas são do próprio Agepê em parceria com o músico Canário, s eu “braço direito” de então, as demais de outros autores, entre eles os renomados Romildo Bastos e Toninho Nascimento, que aqui comparecem com “Canto do engenho novo”. Enfim, um álbum que registra e documenta um promissor e explosivo registro de carreira. Agepê continuaria sua trajetória artística com coerência e sucesso até falecer, aos 52 anos, de cirrose hepática

Texto: Samuel Machado Filho.

Agepê – Moro Onde Não Mora Ninguém (1975)

Álbum: Moro Onde Não Mora Ninguém
Ano/Gravadora: (1975) Continental 1.01.404.117
Outras Edições: (1983) Continental 0.46.411.093 (Popular)
Dados adicionais: Reeditado em CD, dentro da coleção ”Dose Dupla”, sendo que a música ”Todo Prosa” ficou de fora
Artista(s): Agepê
Acervo: Carlão
Formato: Vinil – 320 Kbps

Fonogramas Lado A
A01. Lá Vem o Trem – (Agepê / Canário)
A02. Jogue Alegria Em Sua Vida – (Mita)
A03. Jeito de Tatuagem – (Bira / Catoni)
A04. Moça Criança – (Agepê / Canário)
A05. Sete Domingos – (Agepê / Canário)
A06. Moro Onde Não Mora Ninguém – (Agepê / Canário)

Fonogramas Lado B
B01. A Dança do Meu Lugar – (Agepê / Canário)
B02. De Corpo e Alma (A Palhoça) – (Vilela / Emegê)
B03. Mudança Do Vento – (Agepê / Canário)
B04. Canto do Engenho Velho – (Romildo Bastos / Toninho Nascimento)
B05. Todo Prosa – (Agepê / Canário)

Moro Onde Não Mora Ninguém: Mega ….. ou ….. Zip ….. ou ….. File

Deixe uma resposta