Matogrosso e Mathias – Magia

Matogrosso e Mathias

Resenha do Long Playing

Matogrosso e Mathias – Magia – Vol. 11 (1987)

Uma das mais queridas dupla sertanejas do Brasil comparece hoje no Baú de Long-Playing com seu décimo-primeiro álbum de carreira. Estamos falando de Matogrosso e Mathias.
João Batista Bernardo, o Matogrosso, é de lá mesmo, da cidade de Cáceres (ou Alegre do Alto), onde veio ao mundo no dia 25 de novembro de 1940. Seu primeiro parceiro, o Mathias original, foi Anísio Roberto de Carvalho, mineiro de Uberlândia, ou Carmo do Paranaíba, nascido a 14 de fevereiro de 1943. São reconhecidos por difundir a música sertaneja numa época em que a mesma estava à margem da imprensa no Brasil, abrindo espaço para vários artistas desse gênero. Eles se conheceram em São Paulo, no Largo do Paissandu, no início dos anos 1970, passando a se apresentar em churrascarias e casas noturnas. Em 1976, gravaram o primeiro LP, “O matuto”, no qual se destacou a música-título. Alguns dos maiores sucessos da dupla: “De igual pra igual”, “Pedaço de minha vida”, “Na hora do adeus”, “Vinte e quatro horas de amor”, “Sábado “, “Ponto de chegada” , “Tentei te esquecer” (tema da novela global “Celebridade”), “Pele de maçã” , “Eu te preciso”, “Objeto de prazer” e ”Idas e voltas”. Em seus discos, foram deixando gradualmente o sertanejo mais tradicional, com viola e sanfona, passando a adotar um estilo mais romântico, com guitarra e bateria. A dupla teve outras duas formações: o segundo Mathias foi Isaac Júnior, que depois passou a cantar solo com o pseudônimo de Mathias Maranhão. O terceiro e atual parceiro de Matogrosso na dupla é Rafael Belchior. Sua discografia abrange mais de 20 álbuns, incluindo três DVDs ao vivo.
“Magia”, o álbum que o Baú de Long Playing oferece a vocês hoje, lançado em 1987 pela Chantecler/Continental, é o décimo-primeiro álbum de Matogrosso e Mathias, apresentando a dupla na sua formação original. O disco abre com um grande sucesso de então, “Frente a frente”, da dupla Chico Roque-Carlos Colla, que também assinam “Espécie de vício”. A faixa-título é da dupla baiana Antônio Carlos e Jocafi, e Matogrosso assina duas músicas como autor: “Só mais uma chance” (com Joel Marques) e “Pequena lembrança” (com Jotha Luís). Temos ainda as regravações de “Quando o amor se transforma em poesia”, versão que fez sucesso na voz de Wanderley Cardoso em 1969, e “Duelo de amor”, milonga de Goiá e Benedito Seviero, sucesso em 1964 com Manoelzinho e Jaguarão (aliás o único dessa dupla). Clemente Manoel e Adilson Campos assinam “Vestido azul” e “Risos de amigos”, e Martinha, o “queijinho de Minas” da Jovem Guarda, comparece com “ Vai à luta, coração”, em parceria com Iranfe. Tudo isso formando um trabalho de excelente qualidade, tanto técnica quanto artística, mostrando a dupla Matogrosso e Mathias em plena forma, e proporcionando agradáveis momentos àqueles que vivenciaram o “boom” sertanejo dos anos 1980.

Texto: SAMUEL MACHADO FILHO

Álbum: Mágia – Vol. 11
Ano/Gravadora: (1987) Chantecler 2.71.405.650
Artista(s): Matogrosso e Mathias
Acervo: Paulo Lucio
Formato: Vinil – 320 kbps

Fonogramas Lado A
A01. Frente A Frente – (Chico Roque / Carlos Colla)
A02. Só Mais Uma Chance – (Joel Marques / Matogrosso)
A03. Vestido Azul – (Clemente Manoel / Adilson Campos)
A04. Vai À Luta Coração – (Martinha / Iranfe)
A05. Sem Endereço – (Jotha Luis / Matogrosso)
A06. Duelo de Amor – (Goiá / Benedito Seviero)

Fonogramas Lado B
B01. Magia – (Antônio Carlos Pinto / Jocafi)
B02. Pequena Lembrança – (Jotha Luis / Mathias)
B03. Quando O Amor Se Transforma Em Poesia (Quando L’Amore Diventa Poesia) – (Mogol / Piero Soffici / Vrs. Miguel Plopschi)
B04. Ela – (Carlos Randall)
B05. Espécie de Vício – (Chico Roque / Carlos Colla)
B06. Risos de Amigos – (Clemente Manoel / Adilson Campos)

Magia – Vol. 11 : Zip

Magia – Vol. 11 : File

 

2 Comentários

  • gustavo disse:

    Sugestões de LP: ZILO E ZALO Cantinho de Sertão Sertanejo/Chantecler 2.11.405.454 (1981)

    LOURENÇO E LOURIVAL Velocimetro do Amor Sertanejo/Chantecler 2.11.405.425 (1981)

    PEDRO BENTO E ZÉ DA ESTRADA Os Amantes Das Rancheiras Sertanejo/Chantecler 2.11.405.412 (1981)

    DUDUCA E DALVAN Rainha do Mundo Vol. 5 Sertanejo/Chantecler 2.11.405.411 (1981)

    ANDRÉ E ANDRADE Sinal Fechado Sertanejo/Chantecler 2.11.405.413 (1981)

    ANDRÉ E ANDRADE Amando Escondido Sertanejo/Chantecler 2.11.405.538 (1982)

Deixe uma resposta