Orquestra Namorados do Caribe – LP The Latin Sound Of Brazil

Orquestra Namorados do Caribe

Resenha do álbum: Orquestra Namorados do Caribe

Já que a Musidisc tinha os Românticos de Cuba, por que a gigante RCA Victor não poderia ter algo parecido? Foi aí que surgiu a Orquestra Namorados do Caribe, também formada por músicos competentes e de quilate, e, claro, brasileiríssimos. O grupo juntou antigos elementos da orquestra de Aristides Zaccarias, um dos maestros que então davam expediente na marca do cachorrinho Nipper, e uma seção de cordas. Outro maestro, Carioca, revezou-se com Zaccarias na direção da orquestra em alguns trabalhos.

A fórmula era exatamente a mesma que deu certo com os Românticos de Cuba: sucessos passados e presentes em ritmos como o bolero, a rumba e o chá-chá-chá. E com ela os Namorados do Caribe também conseguiram ótimos resultados, tanto artisticamente quanto em vendagem. Entre 1962 e 1971, a orquestra lançou quinze LPs, todos pela RCA. Alguns desses álbuns foram relançados com outros títulos, e o nome da orquestra alterado para Milionários del Rio.

O Baú de Long Playing tem a grata satisfação de nos oferecer hoje o oitavo álbum da Orquestra Namorados do Caribe, lançado em 1966, “The latin sound of Brazil”. No repertório, seis músicas brasileiras e outras seis internacionais, tudo em clima de Caribe, evidentemente. Foram escalados três boleros clássicos e até hoje lembrados: “La barca”, “Sabor a mi” e “Maria Elena” (que originalmente era uma valsa), e uma composição da cubana Margarita Lecuona (“Taboo”), além dos clássicos “La paloma” (do espanhol basco Sebastian Yradier) e “Adiós” (fox-rumba do hispano-catalão Enric Madriguera). A parte brasileira não fica atrás: basicamente são hits da bossa nova, ou seja, “Minha namorada”, “Inútil paisagem”, “Primavera”, “Manhã de carnaval” e o afro-samba “Nanã”. E a faixa de abertura é “Arrastão”, de Edu Lobo e Vinícius de Moraes, vencedora do festival de MPB da extinta TV Excelsior, em 1965, na voz de Elis Regina. Enfim, músicas clássicas e bastante conhecidas até hoje, formando um conjunto perfeito para ouvir e dançar a dois. Divirtam-se!

Texto:SAMUEL MACHADO FILHO.

Orquestra Namorados do Caribe – LP The Latin Sound Of Brazil (1966)

Álbum: The Latin Sound Of Brazil
Ano/Gravadora: (1966) RCA Victor BBL 1360
Artista(s): Orquestra Namorados do Caribe
Acervo: Jaborandio
Formato: Vinil – 320 kbps

Fonogramas Lado A
A01. Arrastão – (Edu Lobo / Vinicius de Moraes)
A02. Taboo – (Margarita Lecuona)
A03. Manhã de Carnaval – (Luiz Bonfá / Antônio Maria)
A04. La Barca – (Roberto Cantoral)
A05. Inútil Paisagem – (Tom Jobim / Aloysio de Oliveira)
A06. La Paloma – (Sebastian Yradier)

Fonogramas Lado B
B01. Nanã – (Moacir Santos / Mário Telles)
B02. Sabor A Mi – (Álvaro Carrillo)
B03. Primavera – (Carlos Lyra / Vinicius de Moraes)
B04. Maria Elena – (Lorenzo Barcelata)
B05. Minha Namorada – (Carlos Lyra / Vinicius de Moraes)
B06. Adios – (Enric Madriguera)

Orquestra Namorados do Caribe : Mega

Caribe : Zip

Orquestra : File

1 Comentário

Deixe uma resposta